Vai ao Beto Carrero World? É melhor se hospedar em Balneário Camboriú!

A apenas 40 km do parque, Balneário (como é conhecido pelos catarinenses) tem uma ótima estrutura para visitantes e bons preços de hospedagem fora do alto verão. Se você está pensando em visitar Florianópolis na mesma viagem, o melhor é dividir a estada entre os dois destinos.

Beto Carrero World: vale a pena mesmo?

Com a abrupta desvalorização do real em 2015, virou galhofa na internet dizer que a classe média ia ter que trocar os parques de Orlando pelo Beto Carrero World. Não é mentira, claro -- mas também não é caso para deboche. Beto Carrero World pode não ser o Universal Studios, mas não é um parque velho nem desatualizado. Tem brinquedos radicais, bichos, shows bem produzidos e até interação com personagens da Dreamworks. Um dia só já não basta para aproveitar tudo o que o parque tem a oferecer. E com o ingresso a menos de 30 dólares (ou 25 dólares, se você comprar o passaporte de dois dias), é um passeio com excelente relação custo x benefício.

O site do parque é bem didático e mostra as atrações para crianças pequenas, crianças maiores e teens.

Como aproveitar o parque:

Assim como acontece nos parques da Flórida, visitar o Beto Carrero também pede uma estratégia para aproveitar o dia ao máximo. Ao chegar ao parque, pegue o horário dos shows. Vai por mim: veja quando acontece o Velozes e Furiosos e programe-se para chegar ao local meia hora antes. O shows vale meio ingresso do parque: é um espetáculo de acrobacia motorizada -- uma esquadrilha da fumaça no asfalto, um globo da morte no plano. Não deixe nenhum outro programa atrapalhar a sua ida até a arena onde é apresentado o show.

Há outros quatro espetáculos em cartaz: o Blum, que pega carona na estética do Cirque du Soleil; o Madagascar Circus Show, que usa personagens do desenho e é mais indicado para crianças menores; o Excalibur, um espetáculo com números eqüestres que é pago à parte, pois inclui almoço (R$ 49 para adultos, R$ 19 para crianças); e o Sonho do Cowboy, o musical que conta a história do personagem Beto Carrero e funciona como o gran finale para os dias no parque. Minha dica: o Excalibur vale a pena o pagamento à parte (até porque você teria que gastar com almoço), desde que não prejudique a ida ao Velozes e Furiosos (verifique a programação).

 

 

Na agenda do dia você também fica sabendo dos locais e horários de interações com os personagens Dreamworks: localize no mapa onde você vai precisar estar para tirar a foto dos baixinhos com o Shrek, a Fiona e o Kung Fu Panda.

 

Se a sua turminha faz o perfil radical, escolha entre as montanhas russas FireWhip, Star Mountain e Tigor Mountain; os brinquedos de queda livre Free Fall, Big Tower e Barco Pirata; os brinquedos aquáticos Crazy River e Tchibum; o kartódromo (de 4ª a domingo das 16h às 22h; idade mínima, 14 anos; pago à parte: custa desde R$ 41) e o SuperCarros (a visita à exposição é grátis; mas se você quiser dirigir uma Ferrari, Corvette, Pontiac, Mustang ou Lamborghini por 8 km vai pagar entre R$ 150 e R$ 990; veja todos os preços aqui).

 

Com crianças menores, encare a fila do passeio de pônei; ande no teleférico, no trenzinho e de pedalinho e no barquinho do Raskapuska (a versão Beto Carrero do It's a Small World da Disney); suba na roda gigante, no carrossel, no Triplikland, nas Xícaras Malucas e no DumDum; visite o zoológico, interaja com filhotes e entre no estábulo dos cavalos que participam do show Excalibur.

Em que dias o parque abre? Se chover, o parque funciona?

Antes de programar seu passeio, consulte o calendário de funcionamento no site do parque. De modo geral, o parque abre diariamente de novembro a fevereiro (em 2016, até 5 de março), em julho e nas semanas dos feriados de Páscoa, 7 de Setembro e 12 de outubro. Nos outros meses (março depois do dia 5, abril, maio, junho, agosto, setembro fora da semana do feriado e outubro fora da semana do feriado), o parque abre de 5ª a domingo. Mas não fique só com a informação 'terceirizada' de internet: confirme sempre no site do parque.

O Beto Carrero World abre mesmo em dias chuvosos. Quando há chuva torrencial ou tempestade de raios, os brinquedos que oferecem riscos param de funcionar até que as condições melhorem. Mas sob chuvisco os brinquedos funcionam. Os shows são realizados em áreas cobertas (as arquibancadas do Velozes e Furiosos são cobertas).

O parque abre às 9h e os brinquedos são encerrados às 18h (horário em que começa o show O Sonho do Caubói). Às 19h o parque fecha.

 

Quanto custa e onde comprar os ingressos?

O preço dos ingressos varia conforme a época do ano. Agora em fevereiro o ingresso comprado online (que é mais barato do que na bilheteria) custa R$ 120 para maiores de 10 anos, R$ 110 para crianças de 4 a 9 anos e R$ 70 para maiores de 60 anos. O ingresso de 2 dias sai R$ 190 para maiores de 10 anos, R$ 180 para crianças de 4 a 9 anos e R$ 140 para maires de 60 anos. A partir de março, na baixa temporada, o ingresso de um dia custa R$ 105 para maiores de 10 anos e R$ 95 para crianças entre 4 e 9 anos e R$ 70 para maiores de 60 anos. Crianças até 3 anos não pagam. Aniversariantes não pagam no seu dia (se o parque estiver fechado no dia do aniversário, o benefício pode ser usado no dia imediatamente anterior ou posterior em que funcione); veja os detalhes aqui.

Quem deixa para comprar ingresso na bilheteria pode enfrentar fila e acaba pagando mais caro. Comprando o ingresso online ou com agências de turismo você economiza um pouco e entra direto no parque (comprando online você imprime o ingresso em casa e apresenta direto na catraca, acompanhado de documento original; as agências entregam o ingresso físico).

As agências de turismo receptivo de Balneário Camboriú (há muitas na av. Brasil nas cercanias do Atlântico Shopping) e de Florianópolis (procure em Ingleses) vendem os ingressos com transporte de van ou ônibus. Em Balneário, as agências cobram entre R$ 15 e R$ 20 acima do preço do ingresso para incluir o transporte; em Floripa, o ingresso com transporte sai entre R$ 50 e R$ 60 mais caro que a entrada simples. Essa sobretaxa garante que você chegue na hora da abertura do parque e saia logo depois do show Sonho de um Caubói.

Assim com os parques da Flórida, o Beto Carrero tem o seu passe fura-fila, o Fast Pass: custa R$ 104 e dá direito a dois acessos sem fila em cada um dos brinquedos mais disputados. Há um limite de Fast Passes que podem ser vendidos por dia; dá para comprar antecipadamente online, na área de opcionais (na baixa temporada, o passe só é oferecido em feriados).


O Beto Carrero World está a 13 km do aeroporto de Navegantes (via orla; ou 24 km via BR 101), a 38 km da beira-mar de Balneário Camboriú, a 113 km do centro de Florianopolis e a 126 km do aeroporto de Florianopolis.

O estacionamento no parque custa R$ 40 na alta temporada e R$ 36 na baixa temporada. (Também há guarda-volumes; custa entre R$ 10 e R$ 20 por volume, dependendo do tamanho.) Ir e voltar de carro é tranqüilo se você vem Balneário Camboriú (pense em 40/45 minutos de trajeto), mas cansativo se você vem de Florianopolis (calcule umas 2h/2h30 de viagem).

Agências de turismo receptivo de Balneário Camboriú e de Florianópolis vendem ingresso com transporte por van ou ônibus. Nas agências de Balneário, o transporte ida e volta sai entre R$ 15 e R$ 20; nas de Floripa, entre R$ 50 e R$ 60.

É possível se hospedar em Penha mesmo?
Há hotéis no entorno do parque, como Pousada Valentina, Hotel Brasil, Hotel Natal, Pousada Vovó Dilma, Vila Olaria Hotel. Em sua maioria são hotéis bastante básicos e não estão em locais propriamente bonitos.

Também é possível escolher um hotel nem tão perto do parque, mas perto do mar -- como a Pedra da Ilha e a charmosa Ponta da Vigia. Fora de temporada, porém, você não achará muito o que fazer à noite.

Na minha opinião, Balneário Camboriú oferece a melhor relação distância x infra x atrativos para quem quer incluir o Beto Carrero World na sua viagem. Há bons hotéis em várias faixas de preço -- normalmente com bares, restaurantes e lojas no entorno. A cidade tem pelo menos outra atração aberta o ano inteiro (o parque Unipraias), e está bem situada para passeios a Bombinhas e Blumenau/Vale Europeu, tanto por conta própria quanto em tours organizados.

O aeroporto mais próximo de Balneário Camboriú é o de Navegantes, a 34 km da beira-mar central. Há vôos diretos a Navegantes desde São Paulo (Congonhas, por Gol e TAM, e Guarulhos, pela Gol), Campinas (pela Azul), Rio de Janeiro (Galeão, pela Gol, e Santos Dumont, pela Azul), Brasília (TAM) e Porto Alegre (Azul). Vindo de outras capitais, você fará conexão em São Paulo, Campinas ou Rio.

Todas as grandes locadoras de carros atuam em Navegantes. O táxi é tabelado: custa R$ 125. É possível também ir de van, com a Lufer, que cobra R$ 28,50 até a rodoviária de Balneário (de onde você pode ir de táxi ao hotel) ou R$ 35 até qualquer hotel da área central de Balneário.

O aeroporto de Florianópolis está a 92 km. Note que todas as cidades com vôos diretos a Florianópolis também têm vôos diretos a Navegantes. Chegar por Florianópolis só faz sentido se os vôos para Navegantes estiverem muito mais caros, ou se você de fato vai incluir Floripa na sua viagem. Uma terceira opção de acesso é o aeroporto de Joinville, a 115 km.

Pela estrada, são 630 km desde São Paulo, 220 km desde Curitiba, 80 km desde a ponte de acesso ao continente em Florianópolis e 520 km de Porto Alegre.

Como ir de Balneário Camboriú ao Beto Carrero World

São 38 km desde a beira-mar central de Balneário até o Beto Carrero World. Se você estiver de carro, conte em fazer o percurso em 40/45 minutos.

Se não estiver de carro, compre seu ingresso com transporte incluído nas agências de turismo receptivo. A maioria cobra entre R$ 15 e R$ 20 a mais que o preço do ingresso pelo traslado (a volta também está incluída neste preço). Você encontrará essas agências na avenida Brasil, nas quadras vizinhas ao Atlântico Shopping. Algumas são agências convencionais, outras são portinhas especializadas em vender ingressos do parque e tours às redondezas.

 

Fonte: www.viajenaviagem.com

Quer anunciar sua propriedade? Entre em contato conosco!